Publicador de ativo
« Voltar

Novos dados - 7a Semana Nacional da Execução arrecada mais de R$ 819 milhões




Valor supera em R$ 20 milhões o montante arrecadado de 2016

A coordenadoria de Estatística e Pesquisa do Tribunal Superior do Trabalho (TST) revisou os dados da sétima edição da Semana Nacional da Execução Trabalhista, que foi realizada entre os dias 18 a 22 de setembro. No total, foram arrecadados mais de R$ 819 milhões durante os cinco dias do “mutirão” e não os R$ 814 milhões informados na matéria do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) do dia 29 de setembro. A união dos esforços do CSJT e dos 24 Tribunais Regionais do Trabalho fez com que sentenças fossem executadas em todo o país, resultando em leilões e acordos entre patrões e empregados que colocaram um fim em processos judiciais. Os acordos beneficiaram diretamente 110.469 pessoas.

Os novos resultados foram consequência de acordos homologados pelo Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT-SC) durante a Semana da Execução. Na contagem feita pela coordenadoria de Estatística e Pesquisa do TST, o Regional subiu de R$ 5 milhões arrecadados para mais de R$ 10 milhões. Somando todos os Regionais, o valor sobe de R$ 428 milhões para R$ 432 milhões no total de acordos efetuados.

A Semana ultrapassa, pela primeira vez, a barreira dos R$ 800 milhões arrecadados, e ainda supera em R$ 20 milhões os números de 2016. Até então, o montante da 6ª Semana, de R$ 799 milhões, era o maior valor arrecadado desde 2011, quando o mutirão foi criado.

Confira os dados finais da Semana no relatório elaborado pela Coordenadoria de Estatística e Pesquisa do TST.

Veja os dados dos TRTs

(Júlia Autuori-Estagiária/ GR)

 

Divisão de Comunicação do CSJT
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
É permitida a reprodução mediante citação da fonte.
(61) 3043-4907