« Voltar

CSJT e TST divulgam nota de pesar

(12/04/2017)

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho, manifesta profundo pesar pelo falecimento do ministro aposentado do TST José Ajuricaba da Costa e Silva, e do subprocurador-geral do Trabalho, José Carlos Ferreira do Monte. Os dois morreram nesta quarta-feira, 12 de abril de 2017, em Brasília.

“Lamentamos profundamente o passamento desses dois exímios operadores do Direito. Foram duas pessoas que honraram as funções que exerceram e que contribuíram muito para a Justiça do Trabalho e para o Brasil”, afirmou o presidente do TST e do CSJT.

Nascido em Rio das Flores (RJ), em 1926, José Ajuricaba da Costa e Silva tomou posse como ministro togado do TST em 1984. Foi presidente da Corte Superior Trabalhista entre 1995 e 1996, ano em que se aposentou. Além da magistratura, teve uma notável carreira acadêmica. Atuou como professor e obteve doutorado pela Universidade Federal de Pernambuco, tendo feito estágios em Nova York e na Academy of American and International Law, em Dallas. 

“A história pessoal, acadêmica e na magistratura do ministro Ajuricaba é inspiradora. Sua excelência sempre valorizou o papel social da Justiça do Trabalho”, destacou o ministro Ives, amigo e admirador do ministro Ajuricaba. 

O velório está marcado para sexta-feira (14), às 13h, na capela 3, com sepultamento previsto para 16h, no cemitério Campo da Esperança, em Brasília. Conheça a história do ministro José Ajuricaba da Costa e Silva aqui.

O procurador do Trabalho José Carlos Ferreira do Monte foi nomeado subprocurador-geral do Trabalho em 1997. Também ocupou o cargo de corregedor-geral do Ministério Público do Trabalho.  Em 2003, compôs lista sêxtupla para vaga de ministro do Tribunal Superior do Trabalho destinada a membros do Ministério Público do Trabalho. 

“José Carlos sempre teve uma atuação exemplar durante toda a sua trajetória no Ministério Público do Trabalho. Prestou relevantes serviços à sociedade brasileira, sempre se pautando pela ética e pelo interesse público”, destacou o presidente do TST, amigo pessoal do procurador. 

A Justiça do Trabalho expressa condolências aos familiares neste momento de tristeza e lamento. 

(Secom/TST - matéria atualizada em 13/04/2017, às 07:47)

 

 


Conteúdo de Responsabilidade da DCCSJT

Divisão de Comunicação

Email: comunica@csjt.jus.br

Telefone: (61) 3043-4907