Projetos Nacionais de TI

 

GAe - Sistema de Gestão Administrativa Eletrônica da Justiça do Trabalho

A fim de aproveitar boas iniciativas existentes e esforços já realizados nas áreas administrativas da Justiça do Trabalho, os módulos previstos da sua gestão administrativa eletrônica, em sua maioria, estão sendo construídos a partir dessas iniciativas isoladas. As operações e os processos administrativos suportados pelos sistemas, entretanto, são interdependentes muitas vezes e precisam compartilhar informações. Esse cenário leva à necessidade de que esses sistemas componentes integrem-se totalmente para compor a Gestão Administrativa Eletrônica da Justiça do Trabalho – GAe, definindo-se, entre outros aspectos, modelo e protocolos de integração, padronização da infraestrutura, segregação das responsabilidades e procedimentos de solução de conflitos de competência.

O GAe é composto atualmente de dois programas, SIGEO e SIGEP.

SIGEO – Sistema de Gestão Orçamentária e Financeira da Justiça do Trabalho

Gerente do Programa

Marcos Xavier de Almeida Barreto – TRT20

Objetivo

O SIGEO visa à uniformização e racionalização dos procedimentos da Justiça do Trabalho relacionados ao planejamento e à execução orçamentária e financeira, permitindo sua integração, abrangendo solicitação de créditos adicionais, pagamento e controle de honorários periciais (da AJG), e de diárias e passagens, possibilitando maior efetividade, transparência, monitoramento e controle dos processos relacionados, através de projetos e outras ações, executados entre os anos de 2015 e 2018, para prover um sistema Integrado de Gestão Orçamentária e Financeira.

O Programa

O SIGEO foi organizado como um programa composto por dez projetos. Os Plangos de Gerenciamento do Programa e dos Projetos seguem em anexo:

SIGEP – Sistema Integrado de Gestão de Pessoas da Justiça do Trabalho

Gerente do Programa

Márcio Vinícius Gimenes Milan – TRT2

Objetivo

Implantação de uma solução única e integrada de gestão de pessoas que atenda às necessidades de todos os órgãos da Justiça do Trabalho e aos requisitos do Conselho Superior da Justiça do Trabalho e dos órgãos de controle externo até dezembro de 2020, em conformidade com o cronograma deliberado pelo Plenário do Conselho Superior da Justiça do Trabalho e em cumprimento à determinação contida no item 9.2 da Decisão TCU-Plenário 1.993/2014.

São benefícios esperados com a execução deste projeto:

  • Promover a padronização do tratamento dos dados relativos à gestão de pessoas na Justiça do Trabalho;
  • Garantir a padronização e consistência dos cálculos da folha de pagamentos dos Órgãos da Justiça do Trabalho, especialmente nos casos que envolvam cálculos de passivos;
  • Melhorar a disponibilidade, agilidade, segurança, auditabilidade e confiabilidade das informações fornecidas à administração dos Tribunais e aos Órgãos de Controle Externo;
  • Aumentar a eficiência operacional das áreas de gestão de pessoas, através da disponibilização de uma solução que atenda às necessidades funcionais e técnicas apresentadas pelos Regionais participantes do esforço de desenvolvimento do Sistema Integrado de Gestão de Pessoas da Justiça do Trabalho;
  • Prover uma solução sintonizada com os melhores recursos tecnológicos disponíveis, visando à manutenção e à evolução da solução a longo prazo.;
  • Eliminar esforços redundantes de sustentação, manutenção e evolução dos sistemas em uso nas áreas de gestão de pessoas dos órgãos da Justiça do Trabalho.

O Programa

O SIGEP foi organizado como um programa composto por onze projetos. Os Plangos de Gerenciamento do Programa e dos Projetos seguem em anexo:

 

 

Conteúdo de Responsabilidade da Coordenadoria de Gestão e Governança em Tecnologia da Informação - CGGOV

Seção de Planejamento e Projetos - SPPROJ
Telefone: (61) 3043-3532
E-mail: egp-setic@csjt.jus.br