Menu de Navegação

Notícias

null Cuiabá conta com 100% das Varas do Trabalho operando pelo PJe-JT

Cuiabá conta com 100% das Varas do Trabalho operando pelo PJe-JT


21/09/2012 – O Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) começou a funcionar, nesta sexta-feira (21/09), nas nove Varas do Trabalho de Cuiabá e na 2ª Vara do Trabalho de Várzea Grande, em Mato Grosso.  A cerimônia de instalação ocorreu pela manhã na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região.

Para o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro João Oreste Dalazen, a instalação em 100% das Varas do Trabalho da capital mato-grossense demonstra o êxito do projeto.  “A implantação em Cuiabá dá-se já na fase de intensa expansão do PJe-JT e, essa intensa expansão é, certamente, devida ao estrondoso sucesso de sua implantação”,  afirmou o ministro, adiantando dados otimistas.

“Encerraremos o ano de 2012 com cerca de 17% das Varas do Trabalho do País funcionando com o PJe-JT, o que superará em 70% a meta de implantação assumida pela Justiça do Trabalho junto ao Conselho Nacional de Justiça. Cerca de 250 Varas do Trabalho, até o final  de 2012, e todos os 24 tribunais operarão pelo novo sistema de Processo Judicial Eletrônico”, anunciou. Atualmente, o PJe-JT já funciona plenamente em 38 Varas do Trabalho e em 15 TRTs.

O ministro destacou ainda que o comprometimento de magistrados e servidores ajudou a superar resistências. “A participação ativa dos integrantes da Justiça do Trabalho já permitiu, em significativa medida, a superação de resistências ao novo e ao inovador. Essa mesma força, por certo, prosseguirá garantindo a capacitação de centenas de novos usuários do sistema”, disse.

A instalação efetiva do PJe-JT nas varas de Cuiabá foi marcada pela habilitação do sistema automatizado de distribuição de processos, feita pelo presidente do TST e do CSJT. Durante os cerca de cinquenta minutos de duração da cerimônia, oito processos foram ajuizados, tendo sido distribuídos dois para 1ª Vara, um para a 2ª Vara, um para a 4ª Vara, um para a 7ª Vara, um para a 8ª Vara e dois para a 9ª Vara.

Para o presidente do TRT-MT, desembargador Tarcísio Valente, a cerimônia representa um momento de júbilo. Citando o caso de um cidadão que faleceu após quase sete anos esperando a definição de sua aposentadoria após um acidente de trabalho, o desembargador afirmou que o fator tempo é um dos motivos pelos quais o PJe-JT tem recebido tamanha atenção por parte do TRT-MT.

Somado a isso, está a contribuição que o sistema trará para a execução da missão institucional do tribunal. “Acreditamos que esta nova ferramenta disponibilizada pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho trará grande benefício para a celeridade e a efetividade da prestação da Justiça no estado de Mato Grosso”, afirmou.

Colaboração decisiva

A 23ª Região, para o ministro Dalazen, “é um exemplo inigualável de contagiante empolgação com o PJe-JT. É um verdadeiro dínamo que presta um contributo decisivo e inestimável em favor da consolidação desse projeto”. O ministro reforçou os cumprimentos aos magistrados e servidores “pela proficiência, vanguardismo e admirável coragem com que se entregam às fantásticas inovações tecnológicas do PJe-JT”.

A Justiça do Trabalho mato-grossense também inaugurou, nesta sexta-feira, a sala cofre do TRT da 23ª Região, a única no estado com certificação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A inauguração  consolida a política de segurança da informação do Regional.

(Patrícia Resende/CSJT, Renato Parente/TST e Zequias Nobre/TRT-MT :: Fotos: Alessandro Cassemiro/TRT-MT)

Rodapé Responsável DCCSJT

Conteúdo de Responsabilidade da SECOM/TST
Telefone: (61) 3043-7882
E-mail: secom@tst.jus.br