Menu de Navegação

Notícias

null Presidente do TST e do CSJT participa de reunião com gestores regionais do Programa Trabalho Seguro

 

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro Brito Pereira, participou, nesta quarta-feira (24), da reunião de gestores regionais do Programa Trabalho Seguro. Durante a reunião, três gestores regionais falaram ao presidente, à coordenadora e à  vice-coordenadora do Programa Trabalho seguro, ministras do TST Delaíde Alves Miranda Arantes e Maria Helena Mallmann, respectivamente, sobre as ações de promoção ao trabalho seguro desenvolvidas nos Tribunais Regionais do Trabalho.

Na ocasião, o ministro Brito Pereira contou que havia participado da inauguração do edifício sede do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região, com jurisdição no Piauí, e destacou que a edificação foi construída sem acidentes de trabalho. O presidente do TST e do CSJT ressaltou também que o Programa Trabalho Seguro está bem representado no Tribunal Regional. “O trabalho seguro é responsável por episódios como esse, e damos o exemplo à sociedade com uma obra sem nenhum acidente”, afirmou.

Ações para o Trabalho Seguro

Os gestores regionais dos Tribunais Regionais de Minas Gerais, Santa Catarina e Mato Grosso foram escolhidos para falar sobre as ações desenvolvidas para promover o trabalho seguro.

A gestora regional do TRT da 3ª Região, com jurisdição em Minas Gerais, desembargadora Denise Alves Horta, contou que desde março o Tribunal Regional realiza um evento por mês, com palestras e seminários sobre o trabalho seguro. Além disso, o TRT de Minas Gerais tem recebido vários convites da sociedade civil para falar do programa, entre eles o Governo de Minas Gerais.

O gestor regional do TRT da 12ª Região, com jurisdição em Santa Catarina, juiz Rircardo Jahn, destacou que nos primeiros seis meses havia realizado 44 ações sobre o trabalho seguro, sendo 8 ações por mês e 2 por semana. Para o magistrado, o TRT da 12ª Região consegue executar esse número de ações porque divide Santa Catarina em 11 regiões, tendo cada uma delas um ou dois juízes como coordenadores. “Isso diminui os custos, aumenta o número de ações e é uma boa prática que pode ser expandida”, explica o gestor.

A gestora regional do TRT da 23ª Região, com jurisdição em Mato Grosso, juíza do Trabalho Graziele Cabral Braga de Lima, falou sobre as duas corridas de rua feitas com o apoio de parceiros com foco no trabalho seguro e no trabalho infantil.  Outra ação destacada foi a descentralização das atividades e a criação de subcoordenadores. Além disso, o Tribunal Regional fez uma parceria com o Centro Universitário de Várzea Grande (Univag) para falar sobre as violências no trabalho, tema do biênio do Programa Trabalho Seguro.

Apresentação do Tema do Biênio: Violências no Trabalho

O desafio do Programa Trabalho Seguro era criar identidade visual que mostrasse a imagem de uma mulher triste, cabisbaixa e acuada. Adotou-se que metade dessa mulher estaria se desintegrando em razão da violência sofrida no ambiente de trabalho.

Segundo a ministra do TST Delaíde Arantes, coordenadora do Programa Trabalho Seguro, o tema foi escolhido para conscientizar a sociedade da importância de combater práticas de violência no ambiente de trabalho, que podem resultar em problemas físicos e psicológicos.  "A identidade visual é forte, impactante e com palavras ofensivas. Pensamos nisso para estimular a população a refletir sobre o assunto e a entender que essas ações podem ser devastadoras para as vítimas. Queremos mobilizar toda a sociedade a combater e a denunciar esse tipo de violência", explica.

As atitudes que deixam o ambiente de trabalho hostil muitas vezes passam despercebidas pelos empregadores e pelos colegas de trabalho. Além do alerta, outro objetivo da identidade visual é transmitir uma mensagem positiva para a população: a solução é o respeito. Com o respeito há empatia e um ambiente de trabalho mais saudável.

Assista ao vídeo do tema do Biênio: "Violências do Trabalho, Mais Respeito".

 

(JA-GR - Divisão de Comunicação do CSJT)

 

Divisão de Comunicação do CSJT
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
É permitida a reprodução mediante citação da fonte.
(61) 3043-4907 
 

Rodapé Responsável DCCSJT

Conteúdo de Responsabilidade da SECOM/TST
Telefone: (61) 3043-7882
E-mail: secom@tst.jus.br