Banner rotativa - Conciliação Trabalhista

Título do Conciliômetro 2018 - Coluna 30

Conciliação Trabalhista

Dados Finais

Conciliômetro 2019 - Coluna 30

0
28.636
 
GRANDE PORTE: 1º - TRT15          2º - TRT02          3º - TRT01          MÉDIO PORTE: 1º - TRT05          2º - TRT06          3º - TRT12          PEQUENO PORTE: 1º - TRT22          2º - TRT14          3º - TRT16         

 

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Justiça em Números: TRT da 9ª Região (PR) é destaque em produtividade e conciliação

Dentre os tribunais regionais do trabalho de médio porte, que são oito no total, o TRT ficou em segundo lugar em conciliação na fase de conhecimento no 1º Grau. 

O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (9ª Região) é destaque em produtividade e conciliação, segundo aponta o Relatório Justiça em Números 2020. O documento é elaborado anualmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio do Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ), e apresenta um panorama da Justiça, com informações minuciosas sobre o desempenho dos órgãos que integram o Poder Judiciário.

Dentre os tribunais regionais do trabalho de médio porte, que são oito no total, o TRT ficou em segundo lugar em conciliação na fase de conhecimento no 1º Grau.  O índice foi de 46%, o que o colocou, inclusive, na segunda posição dentre todos os 24 regionais.

Em relação aos índices de acordos referentes a qualquer fase no 1º Grau, o que inclui a execução, o Regional do Paraná alcançou o segundo lugar na categoria médio porte: 35,6%, contra 28,7 no ano passado. O resultado posiciona o TRT na segunda posição geral, empatado com o TRT da 23ª Região (MT).  

A produtividade dos magistrados também é ressaltada no relatório. Entre os regionais do mesmo porte, o TRT da 9ª Região (PR) obteve a liderança, com 1.411 processos por magistrado.

Outro ponto de destaque foi o índice de atendimento à demanda, no qual o Regional ficou em segundo lugar em sua categoria, com um índice de 121,2%, indicando que, para cada 100 casos novos recebidos em 2019, 121 foram julgados, o que significa considerável redução do acervo de processos pendentes de julgamento.

Esses e outros destaques do TRT no Relatório Justiça em Números 2020 podem ser conferidos abaixo.

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o segundo maior recebimento processual por 100.000 habitantes (1.355 processos/100.000 hab)

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o segundo maior índice de produtividade dos servidores da área judiciária (151 processos/servidor)

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o menor percentual de servidores na área administrativa (15%), indicando alinhamento à diretriz de priorização da atividade judiciária.

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o maior recebimento processual por magistrado do 1º grau (1.788 processos/magistrado).

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve a segunda maior carga de trabalho do magistrado no 2º grau (3.955 processos/magistrado) e, quanto ao 1º grau, apresentou a maior carga de trabalho (3.321 processos/magistrado).

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve a segunda maior carga de trabalho do servidor da área judiciária no 2º grau (281 processos/servidor) e, quanto ao 1º grau, apresentou a maior carga de trabalho (396 processos/servidor).

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o segundo maior índice de produtividade do magistrado no 2º grau (1.750 processos/magistrado) e, quanto ao 1º grau, apresentou o maior índice de produtividade do magistrado (1.342 processos/magistrado).

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o quarto maior índice de produtividade do servidor da área judiciária no 2º grau (124 processos/servidor) e, quanto ao 1º grau, apresentou o maior índice de produtividade do servidor (160 processos/servidor).

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o maior índice de atendimento à demanda no 1º grau (129%)

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o segundo menor tempo de tramitação do processo baixado na execução fiscal (2 anos e 2 meses).

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o maior índice de produtividade do magistrado na fase de execução (491 processos/magistrado) e o segundo maior da fase de conhecimento (850 processos/magistrado).

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve o maior índice de produtividade do servidor da área judiciária na fase de execução (59 processos/servidor) e o terceiro maior na fase de conhecimento (101 processos/servidor).

- Dentre os Regionais de médio porte, o TRT teve os maiores índices de atendimento à demanda nas fases de execução (127%) e de conhecimento (131%).

Fonte: TRT da 9ª Região (PR)