Banner rotativa - Conciliação Trabalhista

Título do Conciliômetro 2018 - Coluna 30

Conciliação Trabalhista

Dados Finais

Conciliômetro 2019 - Coluna 30

0
28.636
 
GRANDE PORTE: 1º - TRT15          2º - TRT02          3º - TRT01          MÉDIO PORTE: 1º - TRT05          2º - TRT06          3º - TRT12          PEQUENO PORTE: 1º - TRT22          2º - TRT14          3º - TRT16         

 

Publicador de Conteúdos e Mídias

null TRT da 6ª Região (PE) participará das Semanas de Conciliação e de Efetividade na Execução

Por conta da pandemia do novo coronavírus, eventos serão realizados de forma on-line

O Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (PE), com o apoio dos Centros Judiciários de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (CEJUSCs), inicia mobilização para participar, no período de 30 de novembro a 4 de dezembro, da Semana Nacional da Conciliação e da Semana Nacional de Efetividade na Execução. Os eventos, que são promovidos, respectivamente, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), pela primeira vez vão ser realizados na mesma data – privilegiando ações remotas e intensificando o uso de ferramentas tecnológicas, em virtude da necessidade do isolamento social imposto pela pandemia.

A coordenadora do Centro de Conciliação de Olinda, juíza Ana Cristina Silva, lembra que todas as equipes dos CEJUSCs estão à disposição dos advogados, trabalhadores, empregadores e membros do Ministério Público que demonstrem intenção em promover acordo ou indicar formas efetivas para garantir a execução processual. Para a magistrada, os interessados podem apresentar petição conjunta nos processos, enviar um e-mail, ou até mesmo um whatsApp, solicitando audiências de conciliação. Além dos Centros de Conciliação, o público também pode entrar em contato com a Vara onde tramita seu processo.

Confira na página “Quero Conciliar” os principais canais para iniciar a tentativa de acordo, bem como a relação e todos os contatos (inclusive número dos celulares) dos CEJUSCs do TRT 6.

Fonte: TRT da 6ª Região (PE)