Menu de Navegação

Publicador de Conteúdos e Mídias

Empregada de SP que levava broncas constantes do chefe na frente de clientes será indenizada

Para desembargadores, "correção na maneira de trabalhar deveria ser feita separadamente sem constranger ou humilhar a trabalhadora".

Gestante de Porto Alegre que se acidentou com seringa descartada incorretamente no trabalho será indenizada

Para desembargadores, mesmo que profissional não seja da área de saúde, existe a responsabilidade objetiva da empresa no episódio.

Vigilante preso com arma ilegal fornecida pela empresa sediada em Natal será indenizado 

Além da prisão, profissional ainda responde a processo criminal na justiça comum por conta da falha dos empregadores.

Rodapé Responsável DCCSJT

Conteúdo de Responsabilidade da SECOM/TST
Telefone: (61) 3043-7882
E-mail: secom@tst.jus.br