Voltar

Começam as provas orais do Concurso Nacional da Magistratura Trabalhista

 

Começaram, às 8h desta terça-feira (4/9), as provas orais do I Concurso Nacional Unificado da Magistratura Trabalhista no auditório ministro Mozart Victor Russomano. Até 31 de outubro, 267 candidatos passarão pela 4ª e penúltima etapa do concurso. Por semana, 30 candidatos realizarão a prova: 10 por dia entre terça e quinta-feira.

Desde ontem, o 5º andar do Bloco B do TST tem movimentação atípica: são os candidatos se dirigindo ao Salão Nobre Papa Leão XIII para o sorteio dos pontos que serão cobrados deles 24 horas depois na prova oral.

Prova Oral

A duração da prova oral de cada candidato é de 60 minutos. Eles serão submetidos a uma comissão examinadora, formada por ministros do Tribunal Superior do Trabalho, que avaliarão o conhecimento jurídico, a adequação da linguagem, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto da língua portuguesa.

Integram a comissão os ministros Lelio Bentes Corrêa, Vieira de Mello Filho, Walmir Oliveira da Costa e Augusto César Leite de Carvalho e o representante da OAB, advogado Nelson Mannrich. O resultado da quarta etapa será divulgado pelo Presidente da Comissão Executiva Nacional de Concurso, ministro Hugo Carlos Scheuermann, em até 3 três dias úteis após o término da arguição do último candidato, dia 31 de outubro.

Sorteio de Pontos

O sorteio dos pontos que vão ser cobrados de cada candidato será realizado 24 horas antes do início de sua arguição. Para isso, o concorrente deverá se apresentar no local designado (Salão Nobre Papa Leão XIII) com antecedência mínima de 30 minutos da hora marcada.

Disponibilização de material e acesso ao público

Será disponibilizado aos candidatos um vade mecum no momento de sua arguição. A prova oral poderá ser assistida pelo público interno e externo. Contudo, não será permitida a entrada com telefones celulares, gravadores e máquinas fotográficas. Além disso, são proibidas conversas, comentários ou qualquer manifestação de apreço ou de desapreço durante a realização da prova.
 

Saiba mais sobre como será a prova oral para o concurso de Juiz do Trabalho a ser realizada no TST

 

(GL/NV/GR - Divisão de Comunicação do CSJT)

Divisão de Comunicação do CSJT
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
É permitida a reprodução mediante citação da fonte.
(61) 3043-4907 
 

_____________________________________________
Conteúdo de Responsabilidade da DCCSJT
Divisão de Comunicação
Email: comunica@csjt.jus.br
Telefone: (61) 3043-4907