Voltar

TRT da 12ª Região (SC) é destaque na Meta 8 do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho 2017

 

O Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região, com jurisdição em Santa Catarina, foi destaque na Meta 8 do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho 2017. A meta se referia ao Índice de Ações Coletivas Julgadas (IACJ). O objetivo era identificar e julgar 98% das ações coletivas distribuídas no segundo grau. O TRT de Santa Catarina cumpriu a Meta nos anos de 2015 a 2017 e apresentou o maior número de ações coletivas distribuídas dentre os que julgaram todo o acervo, com 100%, em 2017.

O juiz auxiliar da presidência e gestor estratégico de metas do Tribunal, Marcel Higuchi, falou sobre as ações que contribuíram para que a meta fosse alcançada. Ele destacou que busca o engajamento dos servidores e magistrados para o cumprimento das metas, sempre deixando claro que elas servem para dar a direção a ser seguida. Para auxiliar nessa questão, foi criado o projeto Gestão da Estatística e Gestão de Metas, que busca identificar, por dados estatísticos, situações de risco e o cumprimento das metas. “O envolvimento de equipe multidisciplinar e o apoio da Alta Administração na Gestão de Metas são um diferencial que facilita muito o sucesso do projeto”, ressaltou Marcel.

Além do projeto, o acompanhamento das metas também foi feito através de relatórios gerenciais enviados mensalmente para as unidades. Esses documentos ficam disponíveis na Intranet para acesso de todos e auxiliam significativamente os órgãos para identificar o que podem fazer a fim de cumprir a meta. O gestor estratégico citou também as Reuniões de Análise Estratégica (RAE) como ferramentas de ação para o alcance da Meta 8. Durante essas reuniões, eram apresentados os resultados das metas e debatidas as ações possíveis para o cumprimento dos objetivos.

O juiz auxiliar também analisava os processos e entrava em contato direto com os magistrados e diretores das unidades, para garantir que os processos que impactariam nas metas fossem priorizados e impulsionados.

Marcel Higuchi reconhece que cada Tribunal Regional possui resultados diferentes e tem realidades diferentes, mas citou algumas recomendações a fim de que outros Tribunais Regionais do Trabalho também alcancem a meta:

  • Acompanhar o cumprimento e lançamentos do PJe e e-Gestão;
  • Sensibilizar os magistrados e servidores sobre a importância das metas;

Em 2018, o foco do TRT da 12ª Região é a compreensão das razões do não cumprimento de algumas metas, com o respectivo debate de alternativas para viabilizar o alcance delas. “É importante que trabalhemos não para nos tornarmos destaque, mas sim para melhorar o serviço prestado ao cidadão. O destaque é apenas consequência disso”, finaliza Higuchi. 

 

Divisão de Comunicação do CSJT
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
É permitida a reprodução mediante citação da fonte.
(61) 3043-4907 

_____________________________________________
Conteúdo de Responsabilidade da DCCSJT
Divisão de Comunicação
Email: comunica@csjt.jus.br
Telefone: (61) 3043-4907