Publicador de Conteúdos e Mídias

null TRT-4 (RS): ministro Caputo Bastos inicia correição ordinária no tribunal

O ministro e sua equipe de assessores foram recebidos pelo presidente do TRT-4, desembargador Francisco Rossal de Araújo, e pelo vice-presidente, desembargador Ricardo Martins Costa.

Ministro Caputo Bastos reunido com as desembargadoras e desembargadores do TRT-4 (RS). (Foto: TRT da 4ª Região)

Ministro Caputo Bastos reunido com as desembargadoras e desembargadores do TRT-4 (RS). (Foto: TRT da 4ª Região)

2/8/2022 - O corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Guilherme Augusto Caputo Bastos, iniciou nesta segunda-feira (1º) a correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS). Durante a semana, o ministro avaliará o desempenho geral do TRT-4, analisando dados de movimentação processual, tempos de tramitação, observância de prazos, adequação de procedimentos às normas legais, dentre outros aspectos. 

O ministro Caputo Bastos e sua equipe de assessores foram recebidos pelo presidente do TRT-4, desembargador Francisco Rossal de Araújo, e pelo vice-presidente, desembargador Ricardo Martins Costa. A primeira atividade foi uma reunião do ministro com desembargadores da Administração e juízes auxiliares do TRT-4, no gabinete da Vice-Presidência.

Na sequência, o corregedor e sua equipe conversaram, no Salão Nobre, com gestores de áreas judiciárias e administrativas do Tribunal, a respeito da correição. A agenda da tarde foi dedicada a uma reunião coletiva com os desembargadores da Corte, também sobre a correição, e audiências individuais pré-agendadas com desembargadores ativos e aposentados do TRT-4.

Correição

Em paralelo às atividades correicionais, a semana será de reuniões do ministro com magistrados, advogados e entidades. Ainda estão programadas visitas a instituições externas e unidades do TRT-4, como Cejuscs e Escola Judicial. A correição será encerrada na sexta-feira (5), às 10h, com a sessão do Tribunal Pleno para a leitura da ata. Na ocasião, o corregedor-geral apresentará suas observações, determinações e recomendações ao TRT-4.

A correição ordinária junto aos TRTs tem mais ênfase no segundo grau de jurisdição, embora também avalie questões da primeira instância e administrativas.

Solidariedade 

A edição da "Corregedoria Solidária" no TRT-4 está arrecadando alimentos e recursos para compra de gêneros alimentícios até quinta-feira (4/8). No Rio Grande do Sul, ela está sendo realizada em conjunto com a iniciativa "Ajudando quem Precisa", promovida em uma parceria do TRT-4 com o Sintrajufe/RS e a Amatra IV, desde maio de 2020.

Prédio-Sede do Tribunal (entrada da Marcílio Dias e no saguão);
Foro Trabalhista de Porto Alegre (térreo, em frente aos elevadores); 
Foros Trabalhistas de Sapiranga e São Leopoldo.

Doações em dinheiro pelo pix ou conta bancária da Amatra IV:  

  • Chave Pix: convenios@amatra4.org.br
  • Banco Sicredi – 748
  • Agência: 0106
  • Conta Corrente 06711-3
  • CNPJ 89.514.111/0001-20

As arrecadações podem ser feitos em:

  • Prédio-Sede do Tribunal (entrada da Marcílio Dias e no saguão);
  • Foro Trabalhista de Porto Alegre (térreo, em frente aos elevadores); 
  • Foros Trabalhistas de Sapiranga e São Leopoldo.

Com informações do TRT da 4ª Região (RS)

fotos do pje ate 2013 css