Ir para o conteúdo

Justiça do Trabalho alerta sobre o tráfico para o trabalho em condições análogas à escravidão - CSJT2

Banner Rotativo Novo 6-2

Aplicações Aninhadas

Publicador de Conteúdos e Mídias

Participe da consulta pública sobre a Política de Acessibilidade e Inclusão da Justiça do Trabalho

As sugestões podem ser enviadas até 4 de março de 2024, para o e-mail  consultapublica@csjt.jus.br

CCJ do Senado aprova regulamentação do Conselho Superior da Justiça do Trabalho

O CSJT foi criado em 2005 pela Emenda Constitucional 45, que previu que as competências do órgão seriam exercidas “na forma da lei”. O projeto de lei agora segue para votação em plenário.

TRTs estão em fase final de implementação do Domicílio Judicial Eletrônico 

A solução começou a ser instalada no PJe 2.9 em setembro e 16 tribunais regionais já concluíram a instalação.

Indicados da Justiça do Trabalho para compor o CNJ serão sabatinados nesta quarta (29)

Na sabatina, os indicados são arguidos pelos integrantes da Comissão e, em seguida, submetidos a votação.

CCJ do Senado aprova indicados para vagas da Justiça do Trabalho no CNJ

Sabatina ocorreu nesta quarta-feira (29). Nomes serão submetidos ao Plenário

TRTs recebem reconhecimento das melhores práticas de acessibilidade

O Prêmio Justiça do Trabalho Acessível foi entregue nesta terça-feira (19), no Tribunal Superior do Trabalho, durante o seminário “Capacitismo e Interseccionalidade: Experiências Específicas,...

Transparência - Consultas Públicas



2023/2024

Consulta Pública - Política de Acessibilidade e Inclusão da Justiça  do Trabalho.

2022

Consulta Pública da Justiça do Trabalho - Proposta Inicial de Metas para 2023.

2021
...

SIGEP-JT

Manuais e videoaulas do SIGEP-JT

MÓDULO PRINCIPAL (MP)

Contém os manuais ou outros arquivos referentes ao Módulo Principal do SIGEP-JT.

Prêmio Justiça do Trabalho Sustentável: conheça os tribunais vencedores

A primeira edição do prêmio foi entregue em quatro categorias, durante o 8º Encontro Nacional de Sustentabilidade da Justiça do Trabalho, que ocorre nesta semana em Belém.

Sessão pública na próxima quarta (6) divulga notas da prova de sentença do concurso da magistratura trabalhista

A sessão está prevista para iniciar às 11h e terá transmissão ao vivo pelo canal do CSJT no YouTube.

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Justiça do Trabalho alerta sobre o tráfico para o trabalho em condições análogas à escravidão

No Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo (28 de janeiro), os órgãos do judiciário trabalhista promoveram eventos presenciais por todo o país e uma ação digital conjunta nas redes sociais.

Mãos segurando alambrado

Mãos segurando alambrado

28/1/2023 - Para marcar o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo (28 de janeiro), a Justiça do Trabalho lança um alerta para a sociedade que o trabalho em condições análogas à escravidão ainda e´ uma realidade e que as pessoas correm o risco de serem aliciadas a trabalharem em situações de trabalho forçado.

O Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo é marcado em homenagem aos auditores Eratóstenes de Almeida Gonsalves, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva. Eles foram mortos em 28 de janeiro de  2004 quando investigavam denúncias de trabalho escravo em fazendas na cidade de Unaí, em Minas Gerais.

Ação digital conjunta

Entre as diversas ações de conscientização, os órgãos do judiciário trabalhista promoveram eventos presenciais por todo o país, além de uma ação integrada nas redes sociais com a publicação de um post nacionalizado sobre o tema.
 
Perfis nas redes sociais dos Tribunal Superior do Trabalho (TST) e dos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) publicaram uma tirinha que alerta as pessoas sobre os riscos de serem enganadas por propostas tentadoras de trabalho em outra cidade ou em outro país, e se tornarem vítimas de trabalho escravo contemporâneo.

Essa prática é feita por aliciadores que, por meio de propostas tentadoras de emprego, geram esperança e expectativa de futuro, de melhoria de vida e de realização de sonhos. Mas, na verdade, é uma armadilha e a realidade para as vítimas é bem diferente. As pessoas podem ser submetidas a jornada exaustiva, trabalho forçado e restrição de locomoção e contrair dívidas por alimentação e transporte, além do risco de exploração sexual.

Por isso, é importante as pessoas estarem atentas a algumas dicas:

  • Duvide de propostas de emprego muito fora da realidade do mercado;
  • Busque informações sobre a empresa contratante;
  • Antes de aceitar a proposta de emprego, leia atentamente o contrato de trabalho; e
  • Atenção a propostas que incluam deslocamentos e viagens nacionais e internacionais.

Além de ficar ciente das dicas, é importante alertar as autoridades. Denúncias de trabalho análogo à escravidão ou tráfico de pessoas podem ser feitas no site do Ministério Publico do Trabalho (www.mpt.mp.br), pelo aplicativo MPT Pardal ou pelo Disque 100. 

Denuncie!

Escravidão contemporânea

#ParatodosVerem: Fotografia em ambiente fechado com cinco pessoas lado a lado. Do lado direito, um homem alto, magro, usa óculos e paletó na cor azul, ao seu lado esquerdo, um homem alto, cabelos e barbas grisalhos, usa paletó preto. Ao centro duas mulheres, uma branca, cabelos brancos, usa blusa branca e casaco preto com detalhes branco, ao lado esquerdo uma mulher branca de cabelos dourados e usa roupa preta. Do lado esquerdo um homem branco, usa óculos e paletó na cor cinza. Fim da descrição.Entre as ações presenciais, destaque para o seminário “Trabalho Escravo Contemporâneo: Liberdade sob o prisma da dignidade”, promovido pelo TRT da 8ª Região (PA/AP) em parceria com mais oito instituições.

O evento contou com a participação de diversas autoridades, acadêmicos e ativistas da causa. O presidente do TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro Lelio Bentes Corrêa, esteve presente e anunciou a criação de um programa institucional na Justiça do Trabalho de enfrentamento ao trabalho escravo, tráfico de pessoas e proteção do trabalho de imigrantes.

Lelio Bentes frisou que o compromisso com a erradicação do trabalho escravo tem que ser de toda a sociedade brasileira. Nesse sentido, o TST/CSJT criou um grupo de trabalho que tem prazo de 180 dias para elaborar as bases para o lançamento do Programa Nacional da Justiça do Trabalho para Combate ao Trabalho Escravo, ao Tráfico de Pessoas e à Proteção do Trabalhador.

O presidente do TST e do CSJT destaca que o grupo tem como objetivo conceber políticas públicas, além de fortalecer o conhecimento e as estratégias de magistrados e magistradas trabalhistas para se dedicarem de forma efetiva ao combate ao trabalho escravo. “Tenho certeza de que, com isso, nós estaremos caminhando ao encontro do nosso compromisso fundamental de promover a justiça social”, disse. “O trabalho escravo é um atentado contra a dignidade do ser humano e por isso precisa ser reprimido com processos rápidos e com a responsabilização civil e trabalhista dos infratores, a partir de condenações que os façam compreender a gravidade das violações cometidas", complementou.

O ministro Augusto César Leite de Carvalho, que está coordenando o grupo de trabalho responsável pela estruturação do programa, também participou do evento.

Saiba mais: Justiça do Trabalho vai criar programa de enfrentamento ao trabalho escravo, tráfico de pessoas e proteção do trabalho de imigrantes

(Secom/TST)

Publicador de Conteúdos e Mídias

Participe da consulta pública sobre a Política de Acessibilidade e Inclusão da Justiça do Trabalho

As sugestões podem ser enviadas até 4 de março de 2024, para o e-mail  consultapublica@csjt.jus.br

CCJ do Senado aprova regulamentação do Conselho Superior da Justiça do Trabalho

O CSJT foi criado em 2005 pela Emenda Constitucional 45, que previu que as competências do órgão seriam exercidas “na forma da lei”. O projeto de lei agora segue para votação em plenário.

TRTs estão em fase final de implementação do Domicílio Judicial Eletrônico 

A solução começou a ser instalada no PJe 2.9 em setembro e 16 tribunais regionais já concluíram a instalação.

Indicados da Justiça do Trabalho para compor o CNJ serão sabatinados nesta quarta (29)

Na sabatina, os indicados são arguidos pelos integrantes da Comissão e, em seguida, submetidos a votação.

CCJ do Senado aprova indicados para vagas da Justiça do Trabalho no CNJ

Sabatina ocorreu nesta quarta-feira (29). Nomes serão submetidos ao Plenário

TRTs recebem reconhecimento das melhores práticas de acessibilidade

O Prêmio Justiça do Trabalho Acessível foi entregue nesta terça-feira (19), no Tribunal Superior do Trabalho, durante o seminário “Capacitismo e Interseccionalidade: Experiências Específicas,...

Transparência - Consultas Públicas



2023/2024

Consulta Pública - Política de Acessibilidade e Inclusão da Justiça  do Trabalho.

2022

Consulta Pública da Justiça do Trabalho - Proposta Inicial de Metas para 2023.

2021
...

SIGEP-JT

Manuais e videoaulas do SIGEP-JT

MÓDULO PRINCIPAL (MP)

Contém os manuais ou outros arquivos referentes ao Módulo Principal do SIGEP-JT.

Prêmio Justiça do Trabalho Sustentável: conheça os tribunais vencedores

A primeira edição do prêmio foi entregue em quatro categorias, durante o 8º Encontro Nacional de Sustentabilidade da Justiça do Trabalho, que ocorre nesta semana em Belém.

Sessão pública na próxima quarta (6) divulga notas da prova de sentença do concurso da magistratura trabalhista

A sessão está prevista para iniciar às 11h e terá transmissão ao vivo pelo canal do CSJT no YouTube.

Mais notícias

Tema - Video Página Inicial

Espaço

 

Menu Lateral Direito - TEMA

Banner lateral peg 2

 

Tema - NOTÍCIAS DOS TRTs

 
NOTÍCIAS DOS TRTs

Publicador de Conteúdos e Mídias

Participe da consulta pública sobre a Política de Acessibilidade e Inclusão da Justiça do Trabalho

As sugestões podem ser enviadas até 4 de março de 2024, para o e-mail  consultapublica@csjt.jus.br

CCJ do Senado aprova regulamentação do Conselho Superior da Justiça do Trabalho

O CSJT foi criado em 2005 pela Emenda Constitucional 45, que previu que as competências do órgão seriam exercidas “na forma da lei”. O projeto de lei agora segue para votação em plenário.

TRTs estão em fase final de implementação do Domicílio Judicial Eletrônico 

A solução começou a ser instalada no PJe 2.9 em setembro e 16 tribunais regionais já concluíram a instalação.

Indicados da Justiça do Trabalho para compor o CNJ serão sabatinados nesta quarta (29)

Na sabatina, os indicados são arguidos pelos integrantes da Comissão e, em seguida, submetidos a votação.

CCJ do Senado aprova indicados para vagas da Justiça do Trabalho no CNJ

Sabatina ocorreu nesta quarta-feira (29). Nomes serão submetidos ao Plenário

TRTs recebem reconhecimento das melhores práticas de acessibilidade

O Prêmio Justiça do Trabalho Acessível foi entregue nesta terça-feira (19), no Tribunal Superior do Trabalho, durante o seminário “Capacitismo e Interseccionalidade: Experiências Específicas,...

Transparência - Consultas Públicas



2023/2024

Consulta Pública - Política de Acessibilidade e Inclusão da Justiça  do Trabalho.

2022

Consulta Pública da Justiça do Trabalho - Proposta Inicial de Metas para 2023.

2021
...

SIGEP-JT

Manuais e videoaulas do SIGEP-JT

MÓDULO PRINCIPAL (MP)

Contém os manuais ou outros arquivos referentes ao Módulo Principal do SIGEP-JT.

Prêmio Justiça do Trabalho Sustentável: conheça os tribunais vencedores

A primeira edição do prêmio foi entregue em quatro categorias, durante o 8º Encontro Nacional de Sustentabilidade da Justiça do Trabalho, que ocorre nesta semana em Belém.

Sessão pública na próxima quarta (6) divulga notas da prova de sentença do concurso da magistratura trabalhista

A sessão está prevista para iniciar às 11h e terá transmissão ao vivo pelo canal do CSJT no YouTube.

Mais notícias - TRTs

Banner lateral peg 1

 

Banner lateral peg 3