Menu de Navegação

Notícias

null Ministra ouvidora do TST/CSJT destaca importância da autonomia das ouvidorias

A ministra Maria Helena Mallmann participou da 29ª Reunião Ordinária do Coleouv, no CNJ, em Brasília 

Ministra Maria Helena Mallmann, Ouvidora-Geral do TST. (Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ)

Ministra Maria Helena Mallmann, Ouvidora-Geral do TST. (Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ)

25/11/2021 - A ministra Maria Helena Mallmann, ouvidora do Tribunal Superior do Trabalho (TST), compôs a mesa de abertura da 29ª Reunião Ordinária do Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho (Coleouv). O evento ocorreu na sede do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), na manhã desta quinta-feira (25). Essa foi a primeira reunião do colegiado em formato híbrido, com parte dos ouvidores presentes no auditório, e o restante, remotamente.

Além da ministra do TST, a mesa de abertura contou com a presença do presidente do Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho e ouvidor do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas/SP), desembargador Hélcio Dantas Lobo Junior; do secretário do Coleouv e ouvidor do TRT da 13ª Região (PB), desembargador Tarcísio Régis Valente; da conselheira ouvidora-geral do CNJ, Tânia Regina Silva Reckziegel; e do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Sérgio Kokina.

Autonomia e legitimidade 

A ministra Maria Helena Mallmann falou da relevância do trabalho dos ouvidores para a aprovação da Resolução CNJ  432/21, que disciplina as atividades das ouvidorias. “Parabenizo todos os ouvidores da Justiça do Trabalho pela unidade de encaminhamento e pela qualidade das proposições, porque importantes avanços foram alcançados em termos de atuação, da autonomia e da legitimidade dos ouvidores regionais”, assinalou.

Credibilidade 

A ministra disse estar bastante emocionada com a realização da reunião presencial. “Apesar de todos os avanços alcançados com a tecnologia, nada se compara ao  contato humano”, disse. “Afinal, é isso que nos conduz”. Ela registrou, ainda, a importância do trabalho desenvolvido pela atual  presidência do Colégio de Ouvidores e por todos os servidores que atuam nas ouvidorias. “Sem a dedicação de todos, não teríamos condições de prestar um atendimento eficaz e de qualidade à sociedade”.

Segundo a ministra ouvidora, somente no último trimestre, a Ouvidoria do TST realizou mais de quatro mil atendimentos, entre denunciantes, servidores, interessados, advogados e reclamantes. “Esse número expressivo demonstra a imensa demanda da sociedade e sua confiança na atuação das ouvidorias”, afirmou.

Os trabalhos da 29ª Reunião do Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho prosseguem até esta sexta-feira (26).

(AM/RT)

Rodapé Responsável DCCSJT


Conteúdo de Responsabilidade da SECOM/TST
Secretaria de Comunicação Social do TST
Email: secom@tst.jus.br  
Telefone: (61) 3043-4907