Ir para o conteúdo

Justiça do Trabalho cria grupo para estudos de gênero, raça e equidade - CSJT2

Aplicações Aninhadas

Publicador de Conteúdos e Mídias

Voltar Justiça do Trabalho cria grupo para estudos de gênero, raça e equidade

O objetivo é propor políticas e programas institucionais para promover a equidade e enfrentar a discriminação

Fachada do TST e do CSJT.

Fachada do TST e do CSJT.

17/11/22 - O presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes Corrêa, assinou ato que institui o Grupo de Trabalho em Estudos de Gênero, Raça e Equidade. O objetivo do grupo é propor políticas e programas institucionais voltados à promoção da equidade e ao enfrentamento das discriminações no âmbito da Justiça do Trabalho.

O Ato Conjunto TST.CSJT.GP 85/2022 leva em conta que a equidade de gênero, de raça, de orientação sexual, entre outros marcadores sociais e identitários, é indispensável ao pleno exercício cidadania e da dignidade humana, princípios fundamentais da República Federativa do Brasil e valores do Estado Democrático de Direito. No mesmo sentido, é dever do Estado a elaboração de projetos e políticas de combate à discriminação.

Grupo

O Grupo de Trabalho é integrado por 12 mulheres (juízas, servidoras) e um juiz. No desenvolvimento de suas atividades, ele poderá convidar pesquisadores, professores, estatísticos, representantes de entidades de classe e outros profissionais, para discutir e coletar dados estatísticos e informações úteis e necessárias para o atendimento dos seus objetivos.

Os trabalhos deverão ser realizados, preferencialmente, de forma telepresencial, e o prazo para a conclusão é de 120 dias, prorrogáveis por igual período.

Agenda 2030

A criação do grupo se baseia na necessidade de formular estudos sobre o tema, propondo ações concretas a serem desenvolvidas em todos os segmentos da Justiça do Trabalho, como política pública para a erradicação das desigualdades. 

Também norteia o ato a Meta 9 do Poder Judiciário (“Integrar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas - ONU ao Poder Judiciário”). Entre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2030 da ONU, destaca-se os ODS 5, 8 e 16, que preceituam, respectivamente: “acabar com todas as formas de discriminação contra todas as mulheres e meninas, em toda parte”; “promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos”; e “promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis”.

Outro aspecto considerado na medida é a Resolução 255 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que institui a Política Nacional de Incentivo à Participação Institucional Feminina no Poder Judiciário e determina que todos os seus ramos e as suas unidades adotem medidas para assegurar a igualdade de gênero no ambiente institucional. A Recomendação CNJ 128/2022, por sua vez, aconselha “a adoção do ‘Protocolo para Julgamento com Perspectiva de Gênero’ no âmbito do Poder Judiciário brasileiro”.

(Carmem Feijó)

Publicador de Conteúdos e Mídias

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Maecenas porttitor congue massa. Fusce posuere, magna sed pulvinar ultricies, purus lectus malesuada libero, sit amet commodo magna eros...
Provimento de Sevidoras e Servidores Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Maecenas porttitor congue massa. Fusce posuere, magna sed Orientação e Provimento e...
Objetivo é auxiliar no tratamento de demandas repetitivas
A vice-presidência do regional está utilizando o novo sistema, que foi batizado de Leão
Diversas instituições participaram da ação, que aconteceu no Cijus nesta terça (20)
Julgamento de demandas repetitivas envolvendo agentes comunitários de saúde e transporte de valores estão na pauta
O Cejusc do TRT da 23ª Região (MT) completou quatro anos de atividades em 17 de fevereiro de 2024

Publicador de Conteúdos e Mídias

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Maecenas porttitor congue massa. Fusce posuere, magna sed pulvinar ultricies, purus lectus malesuada libero, sit amet commodo magna eros...
Provimento de Sevidoras e Servidores Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Maecenas porttitor congue massa. Fusce posuere, magna sed Orientação e Provimento e...
Objetivo é auxiliar no tratamento de demandas repetitivas
A vice-presidência do regional está utilizando o novo sistema, que foi batizado de Leão
Diversas instituições participaram da ação, que aconteceu no Cijus nesta terça (20)
Julgamento de demandas repetitivas envolvendo agentes comunitários de saúde e transporte de valores estão na pauta
O Cejusc do TRT da 23ª Região (MT) completou quatro anos de atividades em 17 de fevereiro de 2024

Mais notícias

Tema - Video Página Inicial

Espaço

 

Menu Lateral Direito - TEMA

Banner lateral peg 2

 

Tema - NOTÍCIAS DOS TRTs

 
NOTÍCIAS DOS TRTs

Publicador de Conteúdos e Mídias

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Maecenas porttitor congue massa. Fusce posuere, magna sed pulvinar ultricies, purus lectus malesuada libero, sit amet commodo magna eros...
Provimento de Sevidoras e Servidores Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Maecenas porttitor congue massa. Fusce posuere, magna sed Orientação e Provimento e...
Objetivo é auxiliar no tratamento de demandas repetitivas
A vice-presidência do regional está utilizando o novo sistema, que foi batizado de Leão
Diversas instituições participaram da ação, que aconteceu no Cijus nesta terça (20)
Julgamento de demandas repetitivas envolvendo agentes comunitários de saúde e transporte de valores estão na pauta
O Cejusc do TRT da 23ª Região (MT) completou quatro anos de atividades em 17 de fevereiro de 2024

Mais notícias - TRTs

Banner lateral peg 1

 

Banner lateral peg 3