Menu de Navegação

Notícias

null “Corregedoria Solidária” entrega 580 litros de leite e 50 kg de café durante correição no TRT-21 (RN)

As doações foram entregues à Casa de Apoio ao Paciente com Câncer Irmã Gabriela, entidade vinculada à Liga Norteriograndense Contra o Câncer.

Caixas das doações arrecadas sobre as mesas (foto: TRT da 21ª Região)

Caixas das doações arrecadas sobre as mesas (foto: TRT da 21ª Região)

17/3/2022 - A ação social “Corregedoria Solidária”, promovida pela Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho para arrecadar alimentos durante as correições ordinárias realizadas no Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs), entregou, nesta quinta-feira (17), 580 litros de leite e 50 kg de café à Casa de Apoio ao Paciente com Câncer Irmã Gabriela, em Natal (RN). A casa de apoio, entidade vinculada à Liga Norteriograndense Contra o Câncer, também recebeu a doação de mais de 220 pacotes de bolacha e biscoito.

As doações foram feitas por magistrados e servidores do TRT da 21ª Região (RN), que está em correição ordinária até sexta (19), e também contou com a colaboração de servidores do gabinete do ministro, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), da Academia Nacional de Direito Desportivo (ANDD) e de pessoas que doaram para conta da Associação dos Servidores da Justiça do Trabalho da 21ª Região (Astra21) destinada a arrecadação de valor para compra de alimentos.

Corregedoria Solidária

A campanha Corregedoria Solidária é uma extensão de uma ação que o gabinete do ministro Caputo Bastos já realizava antes de assumir o cargo de corregedor-geral da Justiça do Trabalho. Criado em 2016, “GMCB Solidário” (GMCB é a sigla para Gabinete do Ministro Caputo Bastos) já distribuiu mais de 10 toneladas de alimentos, com várias pessoas e instituições beneficiadas no Distrito Federal e região.

Com a função de corregedor, a ação pôde ser estendida pelo país durante as correições ordinárias. “A ideia foi levar aos tribunais regionais esse entusiasmo que a gente tem de poder ajudar o próximo e que nos faz tão bem”, explicou o ministro. O corregedor afirmou ainda que, na verdade, foi ele quem aderiu ao movimento da solidariedade que já existe no TRT-RN.

A presidente da Rede Feminina Estadual de Combate ao Câncer em Natal/RN, Magda Oliveira, afirmou que as doações são de “grande importância para a instituição”. Segundo ela, a entidade estava necessitando justamente de produtos como leite e café.

A rede de solidariedade continua

As doações para a “Corregedoria Solidária” continuarão nas próximas correições. Acompanhe as redes do TST e do CSJT, além do portal das instituições para saber como contribuir na próxima edição, que será no TRT da 18ª Região (GO). O TRT passará por correição ordinária de 28 de março a 1º de abril.

Confira o calendário de correições da gestão do ministro Caputo Bastos em 2022.

Secom/TST - Com informações do TRT da 21ª Região (RN)

Rodapé Responsável DCCSJT