Menu de Navegação

Notícias

null TST indica ministro Alexandre Agra Belmonte para o CSJT

A eleição foi realizada nesta segunda-feira (20), durante sessão do Tribunal Pleno do Tribunal Superior do Trabalho.

Ministro Alexandre de Souza Agra Belmonte durante sessão do CSJT Foto: Fellipe Sampaio

Ministro Alexandre de Souza Agra Belmonte durante sessão do CSJT Foto: Fellipe Sampaio

20/6/2022 - O ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST)  Alexandre Agra Belmonte foi eleito membro titular do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). A eleição ocorreu nesta segunda-feira (20), durante sessão do Tribunal Pleno do TST.

O magistrado ocupará a vaga da ministra Kátia Magalhães Arruda, cujo mandato se encerra em 25 de junho de 2022. A posse está agendada para 25 de agosto. O ministro Breno Medeiros foi eleito conselheiro suplente.

Novo conselheiro

Natural da cidade do Rio de Janeiro, o ministro Alexandre de Souza Agra Belmonte foi empossado como ministro do TST em 16 de julho de 2012. É doutor em Justiça e Sociedade (2004) e Mestre em Direito das Relações Sociais (1998) pela Universidade Gama Filho, além de Especialista em Direito Privado Aprofundado (1987) pela Universidade Federal Fluminense.

Ingressou na magistratura em abril de 1993, como juiz do Trabalho Substituto do TRT da 1° Região (RJ), após aprovação como 1° colocado no concurso. Em 1994 foi promovido a juiz titular. Em 1999 foi convocado para atuar no 2° grau de jurisdição do TRT 1ª Região. Em março de 2004 foi promovido, por merecimento, a desembargador.

Saiba mais sobre o ministro Alexandre de Souza Agra Belmonte.

O CSJT

O órgão é integrado pela presidência, vice-presidência do TST e pelo corregedor-geral da Justiça do Trabalho (membros natos). Também compõem o conselho três ministros eleitos pelo Pleno do Tribunal Superior do Trabalho e cinco presidentes de Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs), cada um (a) para representar as cinco regiões geográficas do país.

Conheça a composição atual do CSJT.

(NV/AJ)

Rodapé Responsável DCCSJT