Menu de Navegação

Notícias

null CSJT aprova Política de Governança dos Colegiados Temáticos

Além da Política dos Colegiados, outras pautas foram deliberadas na primeira sessão do órgão em 2022, que marcou a despedida da gestão da ministra Maria Cristina Peduzzi.

Fachada de vidro do edifício-sede do TST e do CSJT com reflexo do sol.

Fachada de vidro do edifício-sede do TST e do CSJT com reflexo do sol.

14/2/2022 - O Conselho Superior da Justiça do Trabalho aprovou, na sexta-feira (11/2), durante a 1ª Sessão Ordinária Telepresencial do órgão em 2022, a regulamentação da Política de Governança dos Colegiados Temáticos. O documento tem por finalidade disciplinar a organização e o funcionamento dos Colegiados Temáticos e definir parâmetros conceituais, normativos e de nomenclatura, com vistas a consolidar diretrizes metodológicas, definir responsabilidades e fixar-lhes critérios para criação, alteração ou extinção.

Os Colegiados Temáticos são agrupamentos de pessoas, com papéis interdependentes, que atuam para propor diretrizes, estratégias e ações de governança e/ou gestão relativas a temas gerais ou específicos, ou para realizar atividades orientadas por resultados.

Saiba mais: Equipe apresenta proposta de regulamentação de Colegiados Temáticos na Justiça do Trabalho

Política de Comunicação e Manual de Redação

Os conselheiros também aprovaram, por unanimidade, a regulamentação da Nova Política de Comunicação Social no âmbito da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus e a criação do Manual de Comunicação Social e Redação Jornalística da Justiça do Trabalho.

A política tem como objetivo regulamentar a Comunicação Social institucional, nos âmbitos externo e interno dos Tribunais Regionais do Trabalho, garantindo o alinhamento aos princípios constitucionais da Administração Pública, ao Regimento Interno das instituições e ao Planejamento Estratégico da Justiça do Trabalho.

O Manual de Redação, por sua vez, busca orientar os profissionais envolvidos na produção diária de notícias e conteúdos veiculados nos diversos canais de comunicação social institucional (páginas na internet, boletins, mídias sociais, reportagens em vídeo, entre outros) a redigir os textos e outras peças de comunicação em linguagem simples e acessível a qualquer público. O documento adota como referência as técnicas utilizadas por veículos da imprensa, respeitando a padronização estabelecida para toda a Justiça do Trabalho.

Auditorias

O CSJT também aprovou as auditorias sistêmicas de levantamento e avaliação da gestão de serviços de Tecnologia da Informação no âmbito da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus e a da ação coordenada de levantamento e avaliação dos imóveis da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus.

Encerramento da gestão

A sessão de sexta-feira (11/2) também marcou a despedida da gestão da ministra Maria Cristina Peduzzi na presidência do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. Durante a sessão, a ministra fez um balanço da gestão e recebeu homenagens dos conselheiros pela atuação durante o biênio 2020-2022.

Saiba mais: Presidente do CSJT, ministra Maria Cristina Peduzzi, destaca projetos da gestão 2020-2022

A posse da nova administração do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho está prevista para ser realizada na próxima quarta-feira (16/2), às 17h, com transmissão ao vivo pelo canal do TST no YouTube. 

Tomarão posse o ministro Emmanoel Pereira, eleito para assumir a Presidência do TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), a ministra Dora Maria da Costa, que assumirá a Vice-Presidência, e o ministro Caputo Bastos, designado para a Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho.

Confira a íntegra da sessão:

(NV/AJ)

Rodapé Responsável DCCSJT