Menu de Navegação

Notícias

null "Corrida Verde" é lançada com apoio do CSJT

"Corrida Verde" é lançada com apoio do CSJT


24/04/2012 - Com a presença de campeãs de atletismo do Distrito Federal, autoridades da área de esporte e meio ambiente, foi lançada hoje (24/04) a primeira Corrida Verde do Distrito Federal. O evento, que teve lugar na Associação dos Servidores do Senado Federal (ASSEFE), é parte da mobilização para Conferência Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que será realizada de 13 a 22 de junho de 2012, no Rio de Janeiro. Além de apoiador da corrida, o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) é um dos integrantes do Fórum Governamental de Responsabilidade Social na categoria Judiciário, que promove a Rio+20.
 
Na ocasião, foi lançado o hotsite da disputa (www.corridaverdedf.com.br)  e abertas as inscrições. A Corrida Verde será dia 3 de junho, e vai abrir a Semana Nacional do Meio Ambiente, comemorada este ano de 3 a 9 de junho. Ela foi idealizada para conscientizar a engajar a população para um mundo mais sustentável em termos ambientais, sociais e econômicos, atraindo a atenção para os debates da Rio+20. A ideia é que 2.500 corredores participem, em dois percursos, de cinco e dez quilômetros, no trajeto Teatro Nacional –Esplanada dos Ministérios.
 
Para a recordista nacional de corridas de rua Carmem Oliveira, o esporte sempre foi – como no seu caso -, uma forma de inclusão social. A Corrida Verde, porém, o coloca numa esfera de atuação mais ampla, de conscientização quanto a se viver bem de forma sustentável. Lucélia Peres, outra fundista campeã, também de Brasília, ressaltou o papel do esporte como promotor de mudanças. O assessor extraordinário para Conferência Rio+20, Fernando Lyrio, do Ministério do Meio Ambiente, destacou que a conferência deixará para o Brasil, além dos acordos e documentos, um legado de conscientização sobre a questão ambiental. Nesse contexto, a Corrida Verde será um ato “simbólico e educativo”.
 
Telma Firme, do Programa de Responsabilidade Socioambiental da Assessoria de Planejamento Estratégico do CSJT, destacou a necessidade de se criar uma consciência voltada à sustentabilidade no País, com desenvolvimento social e mudança dos padrões de consumo. Ela lembrou que a Corrida Verde foi concebida para ser sustentável, com camisas, sacolas e cartilhas produzidas com materiais recicláveis, por exemplo, e todo o lixo produzido passará por coleta seletiva. Alem disso, a Associação dos Servidores do Senado Federal (ASSEFE), uma das promotoras do evento, vai  plantar mais de 1.000 mudas de árvore do Cerrado, em áreas do Distrito Federal atingidas por incêndios florestais. Por fim, “ao invés de batedores, teremos ciclistas acompanhando a corrida”, contou ela.
 
A corrida terá como “carro madrinha” um Palio Weekend totalmente elétrico, com tecnologia brasileira, produzido na usina hidrelétrica Itaipu. O veículo é ecológico, com emissão zero de poluentes e sem ruídos, e vai abrir a disputa. Logo após, vai ocorrer o 10º Passeio Ciclístico Rodas da Paz - Pedalando para a Rio+20, com a participação de 3.000 ciclistas, 10 dos quais seguirão para o Rio de Janeiro, para a Conferência Rio+20.
 
De acordo com os organizadores, a Corrida Verde conta com o patrocínio e apoio de diversas instituições, interessadas na promoção da sustentabilidade, e não tem fins lucrativos.

(Marta Crisóstomo/TST)
 

Rodapé Responsável DCCSJT

Conteúdo de Responsabilidade da SECOM/TST
Telefone: (61) 3043-7882
E-mail: secom@tst.jus.br