Menu de Navegação

Publicador de Conteúdos e Mídias

Empresa deve informar os elementos que compõem o salário de modo claro ao trabalhador

Cabe ao empregador provar que o pagamento da remuneração foi corretamente efetuado se questionado em juízo.

TRT-15 (Campinas/SP) condena empresa que impediu empregada de entrar de saia no estabelecimento

A reclamada cometeu abuso de direito ao negar a entrada da reclamante no estabelecimento, mesmo por poucos minutos, para retirar seu exame demissional.

Trabalhadora com câncer de mama será reintegrada ao trabalho após dispensa discriminatória

Julgadores da Terceira Turma do TRT-MG também mantiveram o pagamento de indenização por danos morais de R$ 10 mil à profissional. 

Empresa pública terá que pagar mais de R$ 1 milhão à família de carteiro morto por covid-19

A decisão do juiz titular da 76ª Vara do Trabalho de São Paulo também obriga a empresa a manter os membros da família da vítima no plano de saúde corporativo.

TRT da 17ª Região mantém justa causa de ex-gerente de supermercado por concorrência desleal

O profissional ocupava o cargo de gerente e foi dispensado pela empresa por administrar comércio próprio, localizado a 1,2 km do estabelecimento do qual era empregado.

Dissídio dos Portuários irá a julgamento pela Seção Especializada do TRT-9 (PR)

Na audiência de tentativa de acordo, empregados e empregadora não chegaram a um consenso sobre um novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). 

Magazine Luíza assina acordo de R$ 8 milhões com Sindicato do Comércio de Fortaleza

Os empregados alegaram que trabalhavam aos sábados, domingos e feriados sem as compensações, horas extras e intervalo para repouso e alimentação. 

Transportadora que não comprovou controle de jornada é condenada a pagar horas extras

A 1ª Turma do TRT-23 (MT) concluiu que o fato de a empresa dizer que o veículo guiado pelo motorista era de 8 eixos, sem qualquer comprovação de jornada só até às 18h, não era suficiente para afastar a condenação.

TRT da 18ª Região (GO) não reconhece dispensa discriminatória de pedreiro

O trabalhador sofreu um acidente doméstico em que fraturou o punho esquerdo. Ele alegou que sofrera discriminação após ficar incapacitado para o serviço. 

ParkShopping é responsável subsidiário por verbas trabalhistas devidas por administradora de seu estacionamento

Segundo o trabalhador, ele foi contratado pela administradora de estacionamento em fevereiro de 2012, na função de manobrista, e injustamente dispensado em maio de 2021.

Rodapé Responsável DCCSJT