Menu de Navegação

Publicador de Conteúdos e Mídias

Mulher agredida por clientes receberá indenização por danos morais em Governador Valadares

O TRT da 3ª Região fixou a indenização no valor de R$ 10 mil à trabalhadora

Rede de lanchonetes é condenada por discriminar profissional fora de padrões estéticos

Segundo a trabalhadora, a gerente informou-lhe diretamente que deixaria de ser supervisora de vendas por ser ‘‘gorda e feia’’. 

Entidade, em Juiz de Fora (MG), indenizará empregada por trabalho inseguro com população de risco

A profissional alegou que trabalhava em local de grande tensão, com alto consumo de álcool e drogas dentro dos quartos ou banheiros. 

Admitido IRDR para decidir possível supressão de gratificação de função a empregados da Conab

O Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR) foi admitido pelo Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (GO) em 7 de fevereiro deste ano.

Trabalhador obtém diferenças pelo fim de parcela paga por vendas de produtos bancários

Segundo a desembargadora Joseane Dantas, relatora do processo, ficou comprovada a alteração contratual lesiva no que se refere à redução salarial do empregado. 

TRT-18 (GO) nega indenização à família de motorista vítima da covid-19

Segundo a defesa da empresa de transportes, todas as precauções preconizadas pelas autoridades sanitárias foram implementadas.

TRT-6 (PE) nega vínculo empregatício de carregador de bagagens com a Infraero

O trabalhador alegou que foi contratado pelo ente público há 18 anos, sendo remunerado à base de gorjetas dos passageiros do Aeroporto Internacional do Recife.

Operadora de turismo deve indenizar empregada que desenvolveu burnout

A profissional afirmou que se sentia sobrecarregada em razão do volume excessivo de atividades e pelas cobranças insistentes por parte dos gerentes.

Empresa é condenada a pagar danos morais a carteiro assaltado

O profissional foi vítima de diversos assaltos, inclusive à mão armada, enquanto realizava a entrega de encomendas, o que lhe casou graves lesões psíquicas.

Empregada perde direito à estabilidade provisória por não comunicar gravidez ao empregador

Segundo a Primeira Turma do TRT-18 (GO), ficou evidenciado que a pretensão da empregada seria apenas receber a indenização substitutiva do período de estabilidade.

Rodapé Responsável DCCSJT